Governada pela elite, as grandes mídias querem derrubar Dilma Rousseff | Cenário do Tocantins, Notícias, Política, Economia, Agronegócio
Palmas-TO 22/09/2019
Governada pela elite, as grandes mídias querem derrubar Dilma Rousseff

 

Jornais-que-querem-queda-de-Dilma-RousseffUsando o poder influenciador, as grandes mídias estão fazendo uma campanha cerrada contra a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). A evidência fica nas matérias postadas pelos grandes jornais televisivos, impressos e on-line que tentam, a todo custo, causar instabilidade no eleitor com informações atrelando o momento econômico à gestão da presidente.

Devido à divulgação da última pesquisa eleitoral do instituto Data Folha, o site Folha de São Paulo já atribuiu a queda da bolsa, momentânea, já que a bolsa mal havia começado a operar, à elevação de Dilma nas pesquisas de intenção de voto, que a leva à reeleição.

Em títulos com letra grande e bem chamativa, o site Folha de São Paulo, o Estadão e o Globo afirmam que a queda da bolsa e a alta do dólar na manhã de hoje, 21, é devido a presidente ter grandes possibilidade de reeleição neste segundo turno, já que está a 3 pontos percentuais à frente do candidato Aécio Neves.

Já o jornal Estadão.com.br, neste últimos dias, vem veiculando, na maoria da página principal de seu site, chamadas em que evidencia aumento de preços, aumento da inflação, do dólar e coisas negativas contra a presidente da república, numa tentativa exasperada de levar os tucanos ao comando do Brasil novamente.

A tentativa, à todo custo, desses veículos, em parceria com a Rede Globo de televisão, através de seus telejornais e do impresso, de retornar ao poder o grupo tucano evidencia que as ações do governo brasileiro tem contribuído para a ascensão das classes sociais massacradas em governos anteriores.

O que se vê é uma tentativa de fazer com que as conquistas da maioria nestes quase doze últimos anos caiam por terra, e volte ao status de antigamente, onde uma minoria, considerada elite brasileira, detinha todo o poder de decisão. O que se vê é a insatisfação dessa elite em ter que trabalhar e ver escassa a mão de obra que antes subjugava e limpa suas casas, seus jardins, e dirigiam seus carros para filhos na escola, nos clubes e nas baladas.

O crescimento da classe mais baixa, o aumento do número de pequenas empresas e do emprego nestes doze últimos anos vem incomodando aqueles que não querem pegar no rodo, ou na vassoura, para limpar suas casas, suas sujeiras, com isso fazem uma ação orquestrada para tentar desestabilizar um governo que tem focado suas ações no crescimento da classe baixa e média baixa.

Nestas eleições, uma reflexão deve ser feita. Vale a pena voltar ao que era antes? Vale a pena deixar que um pequeno grupo de especuladores, que se dizem investidores, continuar ganhando muito mais do que merecem ganhar, enquanto a maioria continua na miséria, sem dinheiro se quer para comer? Acredito que não, já que o mundo está evoluíndo, barreiras estão quebrando e as riquezas mudando, dando oportunidade para que outros também a conheçam.

Por isso, eu como jornalista, sou favorável à reeleição de Dilma Rousseff, não que ela irá resolver todos os problemas deste país, até porque está atrelada a partidos compostos por homens que só pensam em se dar bem. O outro candidato também tem grupo que têm a mesma ambição.

Voto em Dilma Rousseff porque acredito que o caminho está certo, e que mais mudanças virão ao longo destes próximos quatro últimos anos e que o Brasil será diferente. Basta acreditarmos e querermos que estas mudanças aconteçam, tanto eu, quanto você, leitor, mas acima de tudo, tem que também querer essas mudanças os Congressistas, principalmente os oposicionistas que barram as reformas e os projetos que beneficiam o crescimento da maioria, além do judiciário como os tribunais, o STJ e o STF. Precisamos fazer com que o Brasil continue mudando para todos e não para a elite como sempre foi no passado.

 

Sérgio Oliveira

Jornalista



Indique esta Matéria para um Amigo Indique esta Matéria para um Amigo

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Sérgio A. de Oliveira.
Rua 100, Nº 49 Qd. F17 Lt 01- Fone: (62) 98667-5775 / (62) 3255-8184 redacao@cenariotocantins.com.br - Goiânia - Goiás