IRPF tem novidades em 2019 | Cenário do Tocantins, Notícias, Política, Economia, Agronegócio
Palmas-TO 20/04/2019
IRPF tem novidades em 2019

Leão imposto de Renda. A novidade é a inclusão do CPF dos menores na declaração

Este é um período que o brasileiro fica mais contrariado. Depois de passar um ano inteiro tendo o imposto de renda comer parte do seu salário no seu contra-cheques, chegou a hora de fazer a declaração do que restou como ganhos em 2018. Muitos ainda pagam impostos complementares, o que torna ainda mais revoltante para a maioria dos cidadãos.

Porém, este ano, alguns cuidados devem ser observados, já que o IRPF 2019 traz novidades, e uma delas e obrigatoriedade de informar o CPF de dependentes e alimentandos de qualquer idade. Antes era obrigatório apenas para aqueles que tinham acima de 18 anos e que possuía CPF. Agora todos deverão inserir essa informação nas declarações a serem entregues até o dia 30 de abril.

Então, não deixem as barbas de molho e já comecem a preparar os documentos, fazer a declaração e transmiti-la o mais rápido possível. Assim você ganha tempo e, além do mais, poderá ser o primeiro na lista de restituição, após a restituição dos prioritários, idosos e pessoas portadoras de necessidades especiais.

Vejam abaixo as novidades apresentadas pela Receita Federal para 2019.

Destaques:

Dependentes: Obrigatoriedade de informar o CPF de dependentes e alimentandos de qualquer idade;
Doações Diretamente na Declaração – ECA: Alteração do local da funcionalidade de doação ao ECA diretamente na Declaração. Até o exercício 2018, a ficha de “Doações Diretamente na Declaração – ECA” encontrava-se no Resumo da Declaração. Agora, está num local em evidência e integra o bloco de “Fichas da Declaração” facilitando a visualização pelo contribuinte;
Ficha de “Rendimentos Recebidos de Pessoa Física: e do Exterior pelo Titular”: O título da coluna “Outros” foi alterado para “Pensão Alimentícia e Outros”, assim como o título da coluna “Dependentes” foi alterado para “Quantidade de Dependentes”

Aprimoramentos recentes:

Impressão da DIRPF e do Recibo: Diversas melhorias na impressão da DIRPF, como a organização da ordem de impressão dos rendimentos, pagamentos, bens e direitos;

Atualização automática: Com a funcionalidade de atualização automática do PGD IRPF, é possível atualizar a versão do aplicativo sem a necessidade de realizar o download no sítio da Receita Federal do Brasil na internet. A atualização poderá ser feita, automaticamente, ao se abrir o PGD IRPF, ou pelo próprio declarante, por meio do menu Ferramentas – Verificar Atualizações;

Entrega sem necessidade de instalação do Receitanet: O programa Receitanet foi incorporado ao PGD IRPF 2019, não sendo mais necessária a sua instalação em separado;

Impressão do Darf: A impressão do Darf de todas as quotas do imposto, calculando os valores de juros Selic para o respectivo vencimento. Além disso, os Darf emitidos após o prazo, também serão calculados os devidos acréscimos legais;

Alíquota Efetiva: Exibição da relação percentual entre o imposto devido e o total de rendimentos tributáveis;

Recuperação de nomes: Ao digitar ou importar um nome para um CPF/CNPJ, o sistema armazenará o nome para facilitar o preenchimento futuro. Os nomes armazenados são nomes informados pelo declarante, manualmente ou por meio das funcionalidades de importação, não são fornecidos pelas bases da Receita Federal do Brasil. Após armazenados, os campos referentes aos nomes serão preenchidos automaticamente conforme CPF/CNPJ digitados. A funcionalidade poderá ser desativada no Menu – Ferramentas – Recuperação de Nomes.

Publicada em

: 26/03/2019

Fonte: Receita Federal

Ilustração: Internet



Indique esta Matéria para um Amigo Indique esta Matéria para um Amigo

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Sérgio A. de Oliveira.
Rua 100, Nº 49 Qd. F17 Lt 01- Fone: (62) 98667-5775 / (62) 3255-8184 redacao@cenariotocantins.com.br - Goiânia - Goiás