Palmas-TO 17/10/2017
Produção agrícola brasileira cresce 14% e alcança R$ 232 bilhões em 2013

 

Apesar do Tocantins ter uma boa produção de soja, não aparece como destaque no levantamento do IBGE

Apesar do Tocantins ter uma boa produção de soja, não aparece como destaque no levantamento do IBGE

O valor da produção da agricultura brasileira alcançou R$ 232,5 bilhões em 2013, um aumento de 14% em relação ao ano anterior, segundo o levantamento Produção Agrícola Municipal (PAM), divulgado nesta terça-feira, 16, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Apesar do crescimento apontado pela pesquisa do IBGE, nenhum município tocantinense está entre os 50 maiores produtores de soja no Brasil.

A soja teve uma participação de quase um terço do valor da produção: 29,7%. Em segundo lugar ficou a cana-de-açúcar, com 18,5%, seguida pelo milho, com 11,5%. Juntos, os três produtos responderam por 59,7% do valor da produção total do País.

O IBGE ressalta que, das 64 culturas investigadas, 33 tiveram produção menor em relação a 2012, e 31 tiveram aumento. Em 2013, o Brasil colheu uma safra recorde de grãos de 188,1 milhões de toneladas, 16,1% superior à de 2012. O total produzido de soja (81,7 milhões de toneladas) e milho (80,3 milhões de toneladas) também alcançou o recorde de toda a série histórica, iniciada em 1970. Os preços favoráveis na época de plantio da safra de soja e da segunda safra de milho incentivaram os produtores a ampliar os investimentos nas lavouras.

Já a mandioca registrou queda de 6,8%, em razão da seca iniciada em 2012 na região Nordeste e que se prolongou em 2013 em importantes áreas produtoras. Apesar disso, o aumento dos preços fez o valor da produção da raiz crescer 28,5% em relação a 2012. No período, também houve elevação nos valores de produção na soja (36,6%), cana-de-açúcar (6,2%), mandioca (28,5%), arroz (19,9%) e feijão (11,7%).

Municípios. O município de Sorriso/MT liderou o ranking de maior participação no valor da produção agrícola brasileira em 2013. O município deteve 0,9% do total do País, o equivalente a R$ 2.067.310 entre os R$ 232.469.269 totais.

Sorriso/MT foi o maior produtor nacional de soja no ano. O grão foi responsável por 62,3% do valor de produção local.

Em segundo lugar ficou Cristalina/GO, com R$ 2.066.205, com destaque para o tomate, responsável por 34% desse valor. São Desidério/BA arrecadou R$ 1.728.878, a reboque do algodão herbáceo, com uma fatia de 55,7% desse total. Em Sapezal/MT, que amealhou R$ 1.649.486, a soja foi responsável por 54,3%. O grão também impulsionou o resultado de Campo Novo do Parecis/MT, com uma fatia de 56,3% dos R$ 1.595.482.

Dos 50 municípios com maior valor de produção, dez apresentaram resultados menores do que os registrados em 2012: São Desidério/BA, Sapezal/MT, Formoso do Rio Preto/BA, Unaí/MG, Rio Brilhante/MS, Barreiras/BA, Paracatu/MG, Luís Eduardo Magalhães/BA, Sidrolândia/MS e Morro Agudo/SP.

Em 2012, São Desidério/BA ocupou a liderança do ranking, mas passou a terceiro colocado em 2013. Já o líder atual, Sorriso/MT, era apenas o terceiro maior valor de produção em 2012. (Com informações Agência Brasil e IBGE)



Indique esta Matéria para um Amigo Indique esta Matéria para um Amigo

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Sérgio A. de Oliveira.
Rua 100, Nº 49 Qd. F17 Lt 01- Fone: (62) 98667-5775 / (62) 3255-8184 redacao@cenariotocantins.com.br - Goiânia - Goiás