Servidores da saúde marcam greve cobrando salários atrasados e implantação do PCCR | Cenário do Tocantins, Notícias do Tocantins, Política, Economia, Agronegócio
Palmas-TO 23/11/2014
Servidores da saúde marcam greve cobrando salários atrasados e implantação do PCCR

 

Servidores cobram salários atrasados e implementação do PCCR

Servidores cobram salários atrasados e implementação do PCCR

Cansados de esperar uma posição da prefeita de Buriti do Tocantins, Rúbia Rodrigues Amorim, para implantação do PCCR e recebimentos dos pagamentos de salários atrasados, inclusive do mês de dezembro de 2012, os servidores municipais da saúde realizaram uma grande manifestação nas principais ruas da cidade nesta quinta-feira, 19, com o intuito de reivindicar seus direitos.

A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Tocantins acompanhou todo o evento e convocou uma Assembleia Geral Extraordinária que aconteceu logo após a manifestação. Na ocasião, os servidores deliberaram uma greve no dia 7 de outubro próximo, caso a prefeita não se manifeste até um dia antes desta data para implantação do PCCR e pagar o retroativo desde o mês de março, data que o plano deveria ter sido implantado.

Na Assembleia também foi definido pelos servidores que o Sintras elabore uma proposta para apresentar a gestão com as seguintes: Sendo elas pagamento do salário atrasado do mês de dezembro em duas parcelas iguais e sucessivas; Nomear imediatamente a Comissão de Gestão implantação da saúde enviada pelo Sintras visando dar celeridade ao processo; Implantar o PCCR Lei 079/2012 em 1º de janeiro de 2014, com recebimento já no dia 1º de fevereiro de 2014.

As outras demandas que devem ser pontuadas na proposta são a inclusão das progressões horizontais; Divisão do retroativo de março a dezembro em 10 parcelas iguais e sucessivas; e ainda a Inclusão das progressões verticais por titulação no mês de julho de 2014 com as parcelas retroativa, referente a esta progressão, divididas em quatro parcelas iguais e sucessivas.

Após a conclusão da proposta o sindicato estará protocolando na prefeitura, imediatamente, e aguardar uma contraproposta da gestora por escrito e de forma clara e concisa, como foi definido pelos servidores na assembleia.

PCCR

A Lei 079/2012 do Plano de Cargos Carreira e Salários, que já foi sancionada e aprovada, é fruto de mais de três anos de negociação da diretoria do SINTRAS-TO com a gestão municipal. O que falta agora é só a implantação do mesmo para que os servidores possam ter seus direitos garantidos.

Segundo informações, a gestora não quer implantar o plano devido não ter participado da criação da referida Lei. “Isso é motivo de orgulho, e não podemos deixar que os trabalhadores da saúde do município sejam prejudicados por causa dos outros”, ressalta o presidente do Sintras, Manoel Pereira de Miranda.

Todas essas pendências, o Sintras vem tentando durante reuniões e conversas via telefone com a prefeita Rúbia Amorim e em nenhum momento ela demonstrou interesse em solucionar os problemas definindo uma proposta plausível e aceitável pela categoria. Além disso, ela não apontou nenhuma garantia que o PCCR será implantado ainda nesta gestão.

Para o presidente, Manoel Miranda, o Sintras sempre esteve pronto para discutir e solucionar os problemas. “Sempre estivemos aberto ao dialogo, mas até agora não recebemos da prefeita nenhuma proposta concreta, possível de ser aceita pela categoria. Continuamos abertos ao diálogo visando chegar a um acordo possível para ambos os lados”, frisou o presidente.

Ele acrescenta ainda que tudo que esta acontecendo e por que a gestão não tem compromisso com a saúde e nem com servidores em saúde do município.

(Ascom Sintras / Foto: Divulgação )



Indique esta Matéria para um Amigo Indique esta Matéria para um Amigo

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

NCeM Comunicação e Marketing.
Quadra 205 Sul, Alameda 12, Lote 11, QI 11 - Fone: (62) 8261-5775 / (62) 3255-8184 redacao@cenariotocantins.com.br - Palmas - Tocantins